6 dicas importantes para iniciar uma loja virtual

cOMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
INTRODUÇÃO.

A tecnologia da informação é uma área que está em constante mudança, assim sendo as organizações precisam se adequar as devidas transições, que acontecem rapidamente, a fim de atender os requisitos do novo cenário. Diante disso o mercado eletrônico traz consigo o conceito de inovação de negócios, trazendo soluções transformadoras. O número de empresas que estão criando plataformas para venda online cresce a cada ano, uma pesquisa realizada pela E-bit registrou um crescimento de consumidores ativos de 10,3% no primeiro semestre de 2017, comparado ao primeiro semestre de 2016, chegando a 25,5 milhões de consumidores ativos, com essa ampliação do mercado surge a necessidade de realizar um plano de negócios para ofertar um serviço de qualidade e construir bases sólidas manter sua loja virtual no mercado.

GERENCIAMENTO DE PROJETOS.

Conforme o PMBOK (2013) para desenvolver um projeto é necessário definir o ciclo de vida, o escopo, gerenciar o tempo, os custos e os riscos dos projetos, além de saber gerenciar a comunicação interpessoal e o poder de interferência dos stakeholders, isto é, a influência das partes envolvidas.

NECESSIDADES LATENTES

Este artigo mostrará necessidades latentes que impactam diretamente nos custos e no escopo de seu projeto, para pessoas que estão com a intenção de iniciar um e-commerce.

ONDE VOU HOSPEDAR A MINHA LOJA ?

A hospedagem é um ponto crítico e não deve ser ignorado, ela que irá garantir a disponibilidade de sua loja na internet, as principais características a serem levadas em consideração são:

  • Limite de tráfego – Esse limite define a quantidade banda disponível que sua loja tem direito a utilizar em um determinado período de tempo, mas o ponto importante a ser levado em consideração é se minha loja atingir esse limite, o que vai acontecer ? Depende da política estabelecida pelo provedor de hospedagem, nos casos mais comuns seu website poderá ficar fora do ar ou você pagará pela quantidade excedida. No entanto existem planos que oferecem trafego ilimitado, para você não se preocupar com limites.
  • Escalabilidade – A escalabilidade irá possibilitar migrar para um plano “maior” sem precisar parar toda sua infraestrutura para fazer esse processo, provedores como AWS e Azure, possibilitam até programar a escalabilidade automática, por exemplo, para atender uma demanda especifica (Black Friday), que seu servidor demandará uma quantidade maior de recurso.
  • Suporte Técnico – Esse ponto não deve ser ignorado, verifique se o provedor oferece time de suporte para o seu servidor e resposta a incidentes, geralmente está incluso no seu plano ou precisa ser contratado separadamente, se preferir, você tem a possibilidade de contratar um especialista técnico para manter esse serviço.
  • Dedicado ou compartilhado – A grande diferença entre esses dois tipos de serviço o próprio nome já diz, no compartilhado o recurso daquele servidor é compartilhado entre todos os usuários hospedados no mesmo, neste cenário esse tipo de serviço não é recomendado, pois a utilização de recurso dos outros usuários pode impactar diretamente no desempenho de sua loja, já no dedicado os recursos do servidor contratado são de uso exclusivo da contratante, não correndo o risco de sofrer interferência por parte de outros usuários, sendo esse o cenário ideal para uma loja virtual.
  • Localização da hospedagem – É o local onde a infraestrutura dos servidores está localizada fisicamente, esse ponto impacta no tempo de resposta do servidor, dependendo da sua localização, em teoria quanto mais próximo o servidor do website está de seus visitantes, mais rápido ele irá carregar, esse fator está relacionado ao aspecto de redes de computadores, e não ao desempenho de hardware do servidor, que também deve ser levado em consideração ao avaliar essa questão, hospedagem nos EUA costumam ser 25% mais baratas, no entanto o tempo de resposta costuma ser mais baixo, porém dependendo do cenário vale a pena contratar um servidor no fora do Brasil.
RESUMO

Não contrate qualquer hospedagem, fique atento a esses pontos e busque uma empresa séria, que já esta consagrada no mercado, irá evitar futuras dores de cabeça.

COMO VOU RECEBER MEUS PAGAMENTOS ?

Hoje já existe várias empresas que oferecem esse tipo de serviço, chamado gateway de pagamento, possibilitando a integração de diversos meios de pagamento em um único contrato, também é possível negociar diretamente com a instituição bancária de sua preferencia, vale ressaltar que é de extrema importância que a documentação de sua empresa esteja correta (CNPJ e etc), e também que você tenha uma conta bancária em nome de sua empresa, tente negociar com as empresas taxas melhores, se já possui uma loja física, veja se é possível adicionar esse novo serviço em seu contrato já existente.

SE OCORRER ALGUMA FRAUDE, COMO DEVO PROCEDER ?

Esse é um ponto extremamente importante, pois o objetivo é que essa situação não aconteça ou que você já esteja preparado se acontecer, já existem empresas (FControl, ClearSale) no mercado que fazem a análise desse risco e asseguram a venda caso ocorra algum problema, alguns gateways de pagamento também oferecem esse serviço como parte do pacote do contrato.

QUEM VAI ENTREGAR MEU PRODUTO ?

Esse ponto também merece uma atenção especial, a entrega do seu produto é uma parte muito importante da venda, os Correios oferecem um contrato de serviços para lojas virtuais, no entanto tem alguns limites pré-estabelecidos que devem ser atingidos, mas por outro lado são oferecidos os seguintes benefícios, dentre eles são:

  • Valores de envios menores.
  • Modalidade E-sedex.
  • Pagamento faturado.
  • Logistica reversa.

Dependendo do produto o frete pode ficar caro pelos Correios, a alternativa é contratar uma transportadora ( TNT, Jamef) que oferecem preços mais acessíveis, para pacotes maiores.

QUEM VAI GERENCIAR MINHA LOJA ?

Grande parte dos processos a plataforma da loja virtual faz automaticamente, mas isso não significa que não é necessário o fator humano, muito pelo contrário, possuir uma equipe para manter o e-commerce é essencial, o ideal é ter um time dedicado para executar as tarefas do cotidiano para manter tudo organizado e atualizado, dessa forma seu negócio na web tem grande chance de obter sucesso.

SE ALGO DER ERRADO, QUE DECISÃO DEVO TOMAR ?

Um ponto extremamente importante é mapear cada processo das operações existentes em sua loja virtual, essa prática irá facilitar nas tomadas de decisão do cotidiano e auxiliar na redução de erros e padronizar as tarefas, diminuindo os riscos e exceções, alcançando cada vez mais maturidade nos processo.

Existem ferramentas ( Bizagi ) que auxiliam na elaboração dos processos, elas possibilitam uma visão ampla do processo e todas as tarefas relacionadas a ele, facilitando na identificação de falhas e gargalos.

 

Se gostou deste post, compartilhe nas redes sociais, deixe seu comentário caso tenha alguma sugestão, serei grato em interagir contigo :).

CONFIRA NOSSOS POSTS!

segurança da informação

Como configurar um certificado SSL Gratuito

Atualmente ter um certificado SSL é essencial, o famoso cadeado verde vem se popularizando cada vez mais na internet, hoje é quase que obrigatório oferecer esse

Quer iniciar o seu negócio na web?

Entre em contato conosco!